Veja as novidades do Salão de Veículos Elétricos

11a edição do Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos mostra como será a mobilidade do futuro

Logo Veículo Elétrico

Carros, bikes elétricas, walk machines e até drones farão parte da exposição que acontece paralelamente ao Congresso

 

Os mais de 6000 visitantes esperados para a 11a edição do Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos poderão ter uma ideia de como será a mobilidade do futuro.   O evento, que acontece de 24 a 26 de setembro, no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte, em São Paulo, traz algumas das mais recentes novidades movidas a eletricidade.  São carros, bikes, ônibus, walking machines, carrinhos de golfe e outros meios de locomoção, de massa ou para usos específicos, que fazem parte da revolução que já começou a mudar a cara do transporte e dos veículos automotores em todo o mundo.  O evento inclui ainda uma Conferência que reunirá especialistas do Brasil e do exterior.

 

“Em sua décima primeira edição, o Salão do Veículo Elétrico é o maior evento da América Latina na área e uma referência obrigatória no calendário deste segmento”, comemora Ricardo Guggisberg, presidente da ABVE-Associação Brasileira do Veículo Elétrico, promotora do evento.  “O Salão oferece atrações para o público em geral e também para os especialistas que trabalham na área, já que nosso objetivo é tanto popularizar a tecnologia como fomentar o mercado”, completa.

 

Para o público em geral, talvez as principais atrações sejam os carrões elétricos: marcas como Porsche e BMW marcarão presença com os modelos Cayenne Hybrid e i3,  respectivamente.  Mas o visitante também poderá conferir o Renault Zoe, o JAC IEV – Intelligent Electric Vehicle, o Kia Optima Híbrido, o Kia Soul EV, o Toyota Prius, o Lexus CT 200h, e o BYD e-6, entre outros.  E quem já está antenado com os desafios da mobilidade urbana poderá conferir as novidades em bikes elétricas, scooters e walk machines.  A Eletra, por sua vez, aproveitará o Salão para fazer o lançamento do Ônibus Dual, o primeiro ônibus elétrico híbrido dual do Brasil, em parceria com a Mercedes-Benz.  A BYD também trouxe o seu ônibus 100% elétrico, que será incorporado à primeira frota de ônibus elétricos de Campinas (SP).

 

A pista para testes, ao lado da Smart City, promete ser um dos pontos mais visitados, pois será onde o público poderá experimentar algumas das novidades.  Ela foi instalada em uma área do evento que reproduz uma cidade, com cenários específicos para carros, bikes, entre outros. Uma impressora 3D fará a impressão de um dos drones, começando na abertura do evento e com previsão de ter o equipamento funcionando no último dia do Salão.

 

Para quem trabalha nesse mercado, o Salão oferece uma parruda agenda de conferências com especialistas do Brasil e do exterior, que debaterão temas como novas tecnologias, mobilidade urbana, perspectivas e experiências na implantação de mobilidade elétrica e os impactos na infraestrutura atual, entre outros. Além da presidência da ABEV, a abertura do evento contará com a presença do Secretário Adjunto Estadual de Energia, Ricardo Toledo Silva, dos vereadores Gilberto Natalini e Police Neto e de Adalberto Maluf, representante da presidência da ABEIFA.

 

Em todo mundo, vendas de veículos elétricos crescem mais que a de modelos convencionais

 

O setor de veículos elétricos engloba, desde as empresas fornecedoras de energia elétrica até as pequenas e médias empresas responsáveis por componentes, em uma cadeia dinâmica. No Salão Latino Americano de Veículos Elétricos, todos os pontos dessa cadeia de valor estarão representados.  “Em 2014 geramos R$ 30 milhões em negócios e este ano podemos ter crescimento mesmo diante do atual cenário econômico”, informa Ricardo Guggisberg, presidente da ABVE-Associação Brasileira do Veículo Elétrico, promotora do evento.

 

“A mudança para os motores movidos total ou parcialmente a eletricidade já é uma realidade”, afirma Ricardo. “Praticamente todos os grandes fabricantes do mundo estão desenvolvendo essa tecnologia e lançando veículos híbridos ou elétricos cada vez mais populares e acessíveis. E vários países já contam com programas de incentivo ao carro verde para favorecer a transição para tecnologias mais limpas”, explica.  “O resultado é um crescimento de 95% na frota global de veículos elétricos, que somava mais de 665 mil unidades em todo o mundo no final de 2014 e que deve chegar a quase 20 milhões em 2020, segundo estudos internacionais”, completa.  “No caso do Brasil, cujo processo de industrialização mais recente está umbilicalmente ligado à indústria automotiva, a migração para o carro verde é uma oportunidade ímpar de revitalizar o setor, gerando empregos e consolidando o país no seleto rol das nações exportadoras de veículos elétricos”, analisa.

 

Desde 2005, o mercado de carros elétricos vem crescendo 24,9% ao ano, contra 3,1% do mercado de convencionais.  Se em 2011 as vendas globais de veículos elétricos mal alcançavam as 50 mil unidades, em 2014, elas ultrapassaram a marca dos 300 mil veículos. O maior salto se deu nos anos mais recentes: de 2012 para 2013, por exemplo, o mercado de veículos puramente elétricos cresceu 77,6%, sendo os EUA o maior mercado em termos absolutos.  A China, aliás, que encara as energias limpas como estratégia de crescimento, já conta com 230 milhões de bicicletas elétricas circulando e está entre os três maiores mercados de veículos elétricos no mundo, atrás apenas do Japão e dos Estados Unidos. A maior participação relativa, no entanto, é da Noruega, com 12% de todos os licenciamentos em 2014.   Estes e outros dados sobre o mercado mundial de veículos elétricos podem ser obtidos na Agência Internacional de Energia.

 

No caso dos híbridos, o maior mercado global é o Japão. O país lidera os licenciamentos, tanto em valores absolutos quanto relativos. Somente em 2013, foram mais de novecentos mil veículos híbridos licenciados, ou 17,33% do total. Países com frotas relativamente pequenas, como Noruega e Holanda, já possuem cada mais de 40 mil veículos elétricos circulando; ambos são os países onde houve maior crescimento percentual de participação de mercado e, coincidentemente, onde os veículos elétricos tem maior presença no total da frota.

 

No Brasil, entre híbridos e puramente elétricos, eram 3 mil veículos no final de 2014, mas este número deve crescer exponencialmente na avaliação da ABVE.  “Como em toda nova tecnologia, o preço ainda é uma barreira, portanto os incentivos governamentais são um imperativo para a disseminação do veículo elétrico. Medidas como a isenção do rodízio municipal e da parcela municipal do IPVA pela Prefeitura de São Paulo são um bom começo, mas agora precisamos do apoio dos governos estaduais e do federal”, explica Ricardo. “Atualmente a importação dos híbridos sem ‘Plug In’ tem alíquota de Imposto de importação reduzida, porém os elétricos e híbridos ‘Plug In mais modernos e sustentáveis ainda não. Precisamos atualizar essa política e criar políticas de fomento que favoreçam o crescimento do setor.  O tamanho do mercado brasileiro justifica a produção interna, quando houver escala, portanto precisamos fomentar essa escala”, sintetiza.  Além de São Paulo, os Estados do Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul têm alíquota diferenciada, com desconto de 50% no IPVA. No caso dos estados do Piauí, Maranhão, Ceará, Sergipe, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Pernambuco, a isenção é total.

 

Embora vivamos dias de avanços tecnológicos constantes, são poucos os que levam à troca de todo o parque de produtos instalados.  Foi assim, por exemplo, com as TVs de tela plana, que deram novo fôlego à indústria eletrônica.  Ou com o recente avanço dos smartphones, que estão aposentando os celulares sem conexão com a internet.  Mas quando falamos da indústria automotiva, uma mudança desse porte não acontece sempre, apesar de seu cronograma anual de lançamentos.  Mas agora a indústria automotiva tem em mãos uma tecnologia poderosa o suficiente para fazer com que os atuais proprietários troquem seus veículos, se a eles forem dadas condições favoráveis de compra e financiamento.

 

Em termos de eficiência energética, os veículos elétricos apresentam um avanço significativo: tradicionalmente, os motores a combustão têm níveis de eficiência que beiram os 40%, ao passo que a eficiência total em um veículo puramente elétrico fica em torno de 60%. Outra simulação da Itaipu, se 100% da produção anual de 3,4 milhões de veículos no Brasil fosse de veículos 100% elétricos, o consumo de energia dessa frota não ultrapassaria 3,3% do total disponível para o país.

 

Em termos de redução de emissões dos gases causadores do efeito estufa, esta tecnologia é imbatível.  Os modelos híbridos emitem 40% de um modelo convencional e os modelos puramente elétricos tem 0% de emissões.  Isso é bom para o planeta, mas é melhor ainda para a saúde das pessoas e para o orçamento da saúde pública. Estudo feito por pesquisadores da Universidade de São Paulo para o Instituto Saúde e Cidadania mostra que a poluição atmosférica será a causa de 250 mil mortes nos próximos 15 anos, 25% delas somente na cidade de São Paulo. Noventa por cento da concentração de material particulado no ar é proveniente de veículos motorizados e vai levar um milhão de pessoas a se hospitalizarem, causando gastos públicos na casa de um bilhão e meio de reais.

 

Conheça os expositores da 11a edição do Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos

 

Expositor O que está levando para o Salão
Porsche A Porsche Brasil participa do “Salão Latino Americano de veículos elétricos” como expositora e terá em seu estande pela primeira vez no Brasil a Cayenne S E-Híbrid plug-in, e o 918 Spyder.

A fabricante alemã de carros esportivos, Porsche AG, tem investido no Brasil e abre uma subsidiária no país. É a sua primeira organização própria de importação na América Latina, ampliando sua rede mundial de subsidiárias para 18 localidades. A Porsche Brasil está sediada em São Paulo e em agosto deste ano teve o seu primeiro carro importado, o 911 GT3. Atualmente, conta com sete Porsche Centers (pontos de vendas), a Stuttgart Sportcar é proprietária e administradora integral das concessionárias da Porsche em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba. Em Brasília, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, a marca é representada pela Eurobike.

BMW A BMW i, divisão de veículos elétricos e híbridos do grupo, leva ao Expo Center Norte o elétrico BMW i3, o híbrido BMW i8 e o BMW i Wallbox; Carlos Côrtes, gerente sênior da BMW i no Brasil, participará de debate e falará sobre os desafios à mobilidade elétrica e o pioneirismo em vender o primeiro modelo totalmente elétrico ao consumidor final no Brasil.

O BMW Group Brasil, por meio da divisão BMW i, iniciou as vendas do BMW i3 no País em setembro de 2014, junto do superesportivo híbrido BMW i8. Pioneiro nas entregas de um elétrico puro ao cliente final, também oferece ao consumidor o carregador BMW i Wallbox, equipamento que permite a recarga da bateria do veículo em três horas. Além disso, é possível carregar os carros BMW i por meio de tomadas convencionais aterradas de 220v e 110v, em cerca de oito e dezesseis horas, respectivamente.

Com suas marcas BMW, MINI e Rolls-Royce, o BMW Group é o fabricante líder mundial de automóveis e motocicletas premium, além de oferecer serviços financeiros e de mobilidade diferenciados. Como uma empresa global, o BMW Group opera 30 instalações de produção e montagem em 14 países e comercializa seus produtos em mais de 140 nações.  Em 2014, o BMW Group vendeu cerca de 2.118 milhões de automóveis e 123.000 motocicletas em todo o mundo. O lucro antes dos impostos para o ano contábil de 2014 foi de 8,71 bilhões de euros, sobre uma receita de 80,40 bilhões de euros. Em 31 de dezembro de 2014, o BMW Group contava com 116.324 colaboradores.

ClubCar Carryall 700: carrinho para transporte de pequenas cargas e pessoas, com várias aplicações, que é conhecido mundialmente como “carrinho de golfe”. Com motor Subaru d 14cv e novo sistema de injeção eletrônica, tem melhora de eficiência de consumo de até 59%. A velocidade não costuma ultrapassar os 27 km/h.
Eletra A Eletra, em parceria com a Mercedes-Benz, acaba de lançar o primeiro ônibus elétrico híbrido dual do Brasil com 23 metros. A tecnologia, desenvolvida para o chassi superarticulado O 500 UDA com 4º eixo direcional, permite que o mesmo modelo opere também como trólebus e elétrico puro (baterias). Ele amplia a flexibilidade do sistema, pois uma mesma frota pode operar com fontes de energia diferentes: grupo motor gerador + baterias = híbrido ou só baterias = elétrico puro ou rede aérea = trólebus. Este modelo não necessita de investimento em infraestrutura de recarga para as baterias, pois quando está operando na versão híbrido, as baterias são recarregadas na frenagem. O modelo que será apresentado no evento é a versão elétrico híbrido e trólebus. No híbrido, a emissão de poluentes é reduzida significativamente e, agora, na versão dual, o motorista pode desligar o grupo motor-gerador e operar com emissão 0.
WOIE

 

Levará ao Salão as bicicletas elétricas Golden e Silver, além de um belo e arrojado bicicletário. Teve seus modelos recentemente certificados pelo Inmetro. Fundada em 2012, a Woie tem como objetivo ser mais do que um negócio, ser uma solução. Essa é a proposta de vida de Joel Rodrigues, Founder & CEO Woie. De vendedor de picolés, caminhoneiro a empresário do segmento de mobilidade urbana, passaram-se anos de aprendizado, desafios, parcerias e sucesso.  Iniciou sua vida com bicicletas elétricas e hoje conta com mais um modelo, a Woie Urbana, o que torna a Woie a estar sempre em busca de inovação e de trazer um novo conceito para o segmento.
BRMobility Levará o SU Tronik S8, veículo mais moderno e tecnológico do segmento de transporte pessoal (walk machines). Além de toda sua inteligência de equilíbrio, ele oferece aplicativo via Bluetooth que possibilita diversas informações como: controles de condução, ajuste das iluminações em leds, limitações de velocidade, informações sobre manutenção e outros.
Cooltra e Riba Juntas, terão o estande dos scooters elétricos. A Cooltra levará dois modelos de Scooter (E.MAX 120L e E.MAX 120D, que fazem até 100 km por R$ 1,33) e a bike elétrica.
CPFL Energia Levará vídeo explicativo do Programa de Mobilidade Elétrica da CPFL Energia, revistinha sobre os objetivos do projeto e resultados preliminares (Unicamp, CPqD, MOB2Electric, Daimon Engenharia, CEIIA), folder resumido do projeto e o veículo elétrico Renault Zoe
JAC Motors Levará o JAC IEV – Intelligent Electric Vehicle, made in China., que ficará exposto no estande da Abeifa. Ele corresponde à quarta geração dos modelos de propulsão totalmente elétrica da JAC na China.

Dotado de larga autonomia e usando um menor tempo de recarga, o avanço contínuo das gerações vai tornando os carros elétricos cada vez mais práticos. O modelo alcança velocidade máxima de 100 km/h e garante autonomia de até 170 km. O tempo de recarga é de 12 horas no modo lento e 6 horas na rápida, auxiliado por um pequeno poste portátil que faz a interface de tomadas. A propulsão é feita através de um motor 100% elétrico de 42 kW, alimentado por baterias de lítio.

EP Modelismo Levará o monociclo elétrico AIRWHEEL Q3. Com dimensões compactas e fácil de carregar, possui projeto que dispensa guidão de direcionamento, utilizando apenas a inclinação do corpo para ir em qualquer direção. O sistema inteligente de duas rodas mantem o equilíbrio e a estabilidade do conjunto mesmo parado. Os giroscópios de bordo e monitoramento inercial fazem as correções de acordo com a velocidade do motor e potência centenas de vezes por segundo, assim você tem mais segurança nas manobras. Apesar de compacta, ela é rápida (chega a 18km/h) e possui bateria de alta performance, permitindo grande autonomia (23km) e rápido carregamento (apenas 90min!). O Airwheel Q3 pode ser usado por crianças e adultos para se locomover de maneira prática, rápida e segura. Uma hora de treino é mais que suficiente para aprender a andar. Pode ser carregado dentro de transporte público.
KIA Levará os modelos Kia Optima Híbrido e o Kia Soul EV.

Optima Híbrido: as características híbridas do modelo contam com robusto motor de 40 cv tracionado e uma poderosa bateria de polímero de lítio, de 270 V. A combinação gasolina/elétrico resulta em uma experiência de condução ágil, agradável, além de econômica. A versão EX traz consumo APE de 15,3 km/l na cidade, 17 km/l na estrada, ou seja, uma média combinada de 16,16 km/h.

Soul EV: automóvel ambientalmente correto, devido ao uso inovador de materiais de base biológicos, o Soul EV ganhou classificação EPA – Environmental Protection Agency, dos EUA, cujo alcance estimado é de 99  milhas por MPGe (miles per gallon gasoline equivalent), alcançando179 km na estrada, 219 km na cidade, ou seja, uma média de 199 km de autonomia. Com tração nas rodas dianteiras, o Soul EV traz um motor que atinge velocidade máxima de 145 km/h e um torque de  29 kgf.m.

BYD A Build Your Dream (BYD) fará três apresentações no Salão de Veículos Elétricos: a empilhadeira BYD ECB20, o ônibus K9 e o e-6 . A empilhadeira elétrica promete revolucionar o mercado pela eficiência, praticidade e longa vida útil. Já o K9 é o primeiro ônibus 100% elétrico à bateria, produzido em escala comercial, e o mais vendido em todo o mundo. Ele é também o único movido pelas baterias de fosfato de ferro lítio, tecnologia ambientalmente correta e com grande vida útil; e o e-6, com 400 quilômetros de autonomia e custo operacional de R$ 0,05 por quilômetro.

A BYD é a maior fabricante de baterias recarregáveis e de ônibus elétricos no mundo. Ela é líder global em diversos setores de alta tecnologia relacionadas às energias limpas, incluindo; automóveis híbridos e elétricos de alta eficiência, empilhadeiras elétricas, sistemas off grid de armazenamento de energia, geração de energia solar. No Brasil, a empresa tem investimento previsto de US$ 400 milhões em três novas fábricas, entre 2014/2017. A primeira unidade industrial em Campinas, São Paulo, tem previsão de abertura no início de 2015 e deve abrigar o centro de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e protótipos de veículos, bem como montar baterias recarregáveis, ônibus elétricos e painéis solares.

WEG A WEG desenvolve motores elétricos e inversores de frequência para tração elétrica, unindo a eficiência e qualidade. Os sistemas de tração elétrica WEG podem ser aplicados em diversos veículos, rodoviários e ferroviários. Além disso a WEG possui soluções específicas em tintas e vernizes para o segmento de tração elétrica que fornecem proteção total desde a propulsão elétrica dos motores até o acabamento e estética das estruturas de fibra, metal ou plástico dos veículos.
Toyota A Toyota demonstrará o Prius: veículo híbrido mais vendido do mundo e o carro mais vendido no Japão. Ele é equipado com dois motores, um a combustão e outro elétrico. O motor a combustão é movido por gasolina e possui quatro cilindros em linha e cilindrada de 1798cc. O motor elétrico, por sua vez, possui potência de 650 Volts e é dotado de corrente elétrica alternada trifásica e funciona em sincronia com o motor a combustão, para potencializar o desempenho em altas velocidades e impulsionar as rodas quando o veículo estiver funcionando exclusivamente no modo elétrico. A potência combinada dos motores é de 138cv.  Dotado de muita tecnologia, o Prius reúne em seu projeto diversas formas de economia de combustível. A tecnologia Toyota Hybrid Synergy Drive utiliza uma potente bateria autônoma, que alimenta o motor elétrico, com potência máxima de 27 kW. Isso permite que em trechos urbanos com velocidade até 50km/h, em média, apenas o motor elétrico seja acionado, o que significa que nenhuma gota de combustível está sendo utilizada. Para velocidades superiores, os motores elétricos e a gasolina trabalham em conjunto, com média de consumo de combustível de 25 km/l.
Lexus O Lexus CT 200h conta com a tecnologia Lexus Hybrid Drive, que utiliza dois motores, a gasolina e elétrico, que geram potência combinada de 136 cv.  A energia sobressalente do motor a combustão e o sistema de freios regenerativos acumulam energia a cada frenagem do veículo e ajudam a carregar o motor elétrico. Apresenta consumo de combustível baixo, de 19 km/l em ciclo urbano. O veículo oferece quatro modos de condução: normal; Eco, que privilegia o motor elétrico; Sport, com ênfase no motor à combustão; e EV, que utiliza exclusivamente o motor elétrico.
VO2 Oferece soluções em transportes de cargas e pessoas. Os veículos VO2 são silenciosos, não emitem gases nocivos no ambiente e utilizam energias renováveis, contribuindo diretamente na qualidade do meio ambiente. No Salão de Veículos Elétricos deste ano, apresentará dois veículos utilitários, o VO2 Utility 2P, compacto perfeito para cargas leves/pesadas ou transporte de passageiros; e o VO2 OffRoad ideal para cargas leves/ médias ou para terrenos irregulares e não pavimentados.
EFACEC/Power Solutions A Power Solutions Brasil apresentará carregadores de carga normal e rápida. Ela também mostrará uma gama completa de soluções Efacec para a carga de veículos elétricos em locais públicos e privados, com potências que variam entre 3,7 e 150 kW e dividida em linhas de carregadores residenciais, carregadores de carga rápida, carregadores de autocarro e carregadores públicos. A Efacec é a empresa líder em inovação nos sistemas de carga de veículos elétricos, destacando-se por apresentar uma gama em contínua evolução e lançamento constante de novos produtos apropriados a todas as diferentes utilizações. Fundada em 2015, a Power Solutions concebe e disponibiliza equipamentos e soluções integradas, flexíveis e de tecnologia de vanguarda para os setores da Indústria, dos Transportes e das Telecomunicações e para sistemas de energia (retificador, baterias, NO-BREAK’s, quadros de serviços auxiliares e inversores) na geração, transporte e distribuição de energia.
Grupo Schréder O Grupo Schréder demonstrará o SHUFFLE, uma solução acessível e completa que requer pouquíssima manutenção. Cumprindo com necessidades múltiplas, em uma única coluna é minimizado o material usado no local e a pegada de carbono é reduzida em cada instalação. Possui uma moderna interface que agrega valor aos espaços ao ar livre. Totalmente versátil, com módulos que rotacionam em 360°, que integram componentes de iluminação a LED com fotometrias adaptáveis à diferentes aplicações, e também câmeras, alto-falantes, WiFi, fotocélula e sensores de movimento, sistemas de controle Owlet para redes autônomas e intergerenciáveis, além do carregador de energia para veículos elétricos. Através de mais de 45 empresas em todo o mundo, a Schréder está totalmente comprometida em fornecer soluções completas, do design aos serviços de pós-venda, incluindo iluminação, sistemas de controle, mobiliário urbano, segurança e muito mais ferramentas inteligentes.
Moura Em linha com as transformações no cenário automobilístico global e regional, os

fabricantes de baterias têm investido fortemente em artifícios tecnológicos para acompanhar tal evolução. O foco é prover soluções avançadas para aplicações em veículos híbridos e elétricos, atendendo aos requisitos de redução de consumo de combustível e emissão de CO2.

A Moura estará representada nas palestras sobre Novas tecnologias em baterias, ministrando a apresentação Eletrificação Veicular sob a ótica do Inovar Auto. “Nossa intenção é fomentar ainda mais o tema e ressaltar a importância de estarmos conectados e prontos para o futuro”, diz o responsável pela área de Inovação, Carlos Vidal.

Volvo A Volvo no Brasil apresentará o seu ônibus híbrido. A empresa investe continuamente no desenvolvimento de veículos com baixa ou zero emissão de poluentes e que sejam, ao mesmo tempo, economicamente sustentáveis, tanto que está desenvolvendo em conjunto com a equipe da Suécia, o ônibus elétrico híbrido articulado. O inicio dos testes está previsto para 2016/2017 em Curitiba(PR). O seu modelo elétrico foi desenvolvido em junho deste ano. O mais novo veículo da Volvo é silencioso, isento de emissões e confortável para os passageiros. Ele ainda está em fase de teste em Gotemburgo, em uma rota chamada EletriCity, no qual só circulam ônibus elétricos e híbridos.
IPSEC A IPSEC esta no mercado de automação e segurança desde 2006. Ela oferece sistemas de monitoramento e imagem, controle de acesso, gerenciamento de energia, micro geração de energia solar. No Salão de Veículos Elétricos apresentará sistema unificado de controle de acesso, sistemas de câmeras fixo e móvel, automação de sistemas de iluminação e geração de energia solar.
SI – Soluções Inteligentes A S.I. – Soluções Inteligentes, surgiu com o compromisso ecológico voltado à prestação de serviços de locação e manutenção de veículos elétricos para as empresas com atividades de logística, vigilância e grandes fluxos de mobilidade. Além de um grande portfólio de veículos e andadores elétricos (ecologicamente corretos), a empresa atende a qualquer necessidade. Ela também projeta e desenvolve soluções de acordo com o perfil operacional de cada cliente. Compactos e versáteis, os veículos trazem mobilidade e modernidade.
BOSCH A Bosch é uma líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviço nos seguintes setores de negócios: Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo, Energia e Tecnologia Predial. Por ter um caráter inovador, a empresa alemã está desempenhando um papel ativo nas principais tecnologias do futuro.

A eletromobilidade ocupa uma alta posição na agenda, assim, nessa área, faz investimentos de vanguarda com foco na conectividade, automação e na eletrificação dos veículos. A Bosch não somente desenvolve tecnologia inovadora de condução de veículos elétricos e híbridos, como também a infraestrutura

necessária para sua aplicação. A empresa conta com um  portfólio completo na linha veicular elétrica dentro do conceito “Parts, Bytes & Service” (Peças, Equipamentos e Serviços), oferecendo a este mercado carregadores elétricos de uso doméstico (Produtos EL-51245, EL-50600-B) ou comercial (EL-50650, el-51620) para mais de 20 modelos de veículos, equipamentos de diagnose e manutenção, treinamentos e consultoria especializada.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*